Terça-feira, 4 de Setembro de 2007
Diário do Interrail, parte 1!

Finalmente um post. Mesmo não sendo sobre o tema para o qual criei o blog.

Falta menos de uma semana para a minha partida mas vou começar por contar as experiências que tive oportunidade de viver no meu interrail este verão.

 

DIA 0 (25 Julho 2007)

 

O plano do interrail já vinha de trás, cerca de dois anos antes quando eu e a Marta conversamos sobre o assunto. Desde então o plano da viagem foi ganhando forma, várias pessoas foram mostrando o seu interesse mas no final dos 6 apenas dois seguiram rumo à aventura.

Pela minha parte e pelo facto de ser entusiasta pelos caminhos de ferro o interrail ganhou ainda mais significado.

O dia zero foi passado em viagens com partida de Chaves e destino Milão, ponto de partida do Interrail. Assim sendo o dia ficou marcado por uma viagem de autocarro até Lisboa seguindo-se a viagem de avião pela Easyjet  até Milão/Malpensa.

Uma grande surpresa foi o facto de jovens estrangeiros de interrail em Lisboa nos terem oferecido passes da Carrris, já que estavam de partida para outro destino. Este simples gesto para além de nos ter permitido ir da Gare do Oriente até ao aeroporto de graça, deu para perceber o espírito de entre ajuda que se instala entre o pessoal do interrail  e que de facto se verificou inúmeras vezes ao longo da viagem.

As desvantagens das companhias Low Cost é o facto das viagens serem em Horários pouco convenientes e operarem em aeroportos secundários (não sendo este o caso). A hora de chegada levou-nos a não reservar pousada em Milão. Passarmos a noite no aeroporto junto com um grupo de 4 tugas que também iam iniciar o interrail e que viram frustradas as suas possibilidades de conseguirem ir para o campismo. 

 

 

 

DIA 1 (26 Julho 2007)

 

Este dia marcou o início oficial do interrail, ou seja, dia em que os 22 dias do global pass começaram a contar.

Depois de uma noite no aeroporto, que na medida do possível até foi bem passada, seguimos viagem para a estação de Milão através de um autocarro que faz a ligação entre o aeroporto de Malpensa situado a uns 40Km de Milão e a estação.

Durante a viagem, mas principalmente à entrada da cidade deu para perceber que Milão ao contrário do que muita gente pensa, não tem nada de interessante. Prédios velhos, lojas fechadas, ruas sujas e tags em paredes e edifícios foi a paisagem até à estação.

A estação de Milão é um grande edifício mas que infelizmente se encontrava em recuperação. O primeiro problema foi encontrar o balcão de informação, onde o funcionário não falava inglês (sim, é verdade), o segundo foi encontrar o turismo. Aqui sim o funcionário falava perfeitamente inglês e respondeu a todas as nossas questões.

Os tugas que nos acompanhavam seguiram para o parque de campismo, eu e a Marta para o centro da cidade.

Os únicos aspectos positivos que vi da cidade de Milão foram a cátedral e as galerias.

Devido ao cansaço da noite anterior decidimos seguir viagem para Veneza. Terceiro problema, os horários que nos informaram nas bilheteiras sobre comboios regionais Milão-Veneza não existiam. Resultado 5€ de taxas no Cisalpino (equivalente ao nosso alfa pendular).

Chegada a Veneza, autocarro para o parque de campismo  onde recuperamos forças para o dia seguinte.

 

 

 

Dia 2 (27 Julho 2007)

 

Veneza, a cidade dos canais!

É engraçado andar pela cidade e ver que tudo funciona de barco. Correios, policia, DHL, “autocarros”, todos têm os seus barcos devidamente identificados.

A descoberta da cidade começou na estação, e consistiu numa volta à ilha até à praça voltando para a estação pelo lado contrário. Assim foi possível ver todos os pontos de interesse que a cidade têm para oferecer.

A cidade vive principalmente do turismo, o que é fácil de perceber pela quantidade de pessoas que passeiam pelas suas ruas estreitas de mapa e máquina fotográfica na mão. Logo não é de estranhar que todo o comércio esteja destinado aos turistas. Infelizmente nem todos terão a oportunidade de conhecer bem Veneza. Os inúmeros viadutos são uma barreira para os deficientes motores. Mesmo assim melhorias estão a ser feitas como se pode ver pela instalação de rampas em alguns viadutos.

Como não entramos em nenhum monumento ao fim da manha já estávamos despachados. Almoçamos uma piza fria, muito boa por sinal, e apanhamos um comboio regional para Bologna e de seguida um Intercidades que nos levaria até Florença. Em Florença foi apanhar um autocarro para o parque e descansar para o dia seguinte.

 

DIA 3 (28 Julho 2007)

 

O dia para não variar começou cedo, antes das 8h já estávamos prontos. Que férias! Mas o motivo valia a pena, comboio para Pisa. A viagem Florença-Pisa demora cerca de uma hora. Assim chegamos cedo a Pisa e com o dia todo pela frente.

A estação de Pisa fica no lado oposto ao parque onde se encontram as atracções turísticas. Decidimos então por atravessar a cidade a pé, permitindo assim ter uma ideia da mesma. Depois de quinze minutos de caminhada chegamos ao parque onde se encontram a torre de pisa. O parque é enorme e fica colado às antigas molharas da cidade. Foi engraçado ver a quantidade de pessoas que tentam encontrar o ângulo perfeito para tirarem uma foto a segurar a torre.

De regresso a Florença seguimos para junto ao rio onde vimos a ponde do “ouro”. Ponte do ouro porque são ourivesarias dum lado e do outro. Vimos também o palácio  junto á estação. De seguida fomos à procura do supermercado que tínhamos visto do autocarro quando íamos em direcção à estação.

O dia acabou com um jantar quente no parque de campismo, o primeiro do interrail. Até aqui tinham sido apenas saladas de atum e salsichas que tínhamos trazido de Portugal. Com um litro de álcool, latas das saladas, kit de panelas de campismo e uma ideia que tive foi possível ferver água e fazer um prato de massas instantâneas marca continente :P

Florença marcou-me pela positiva. Uma cidade não muito grande, bonita, e com muitos locais de interesse.

 

 

 

 

 

 

publicado por erasmus0708 às 12:58
link do post | comentar | favorito
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.posts recentes

. Il Tedesco

. Estou vivo!

. Regresso

. Um voto de um feliz Natal...

. Pa quem tem saudades ai v...

. Patinagem no gelo.

. Novidades!

. A vida la corre...

. Barco a vela!

. Ir as compras com o Eco M...

.arquivos

. Maio 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.links
blogs SAPO
.subscrever feeds